Bispo afirma que «a família é o grande laboratório da sociedade»

Bispo afirma que «a família é o grande laboratório da sociedade»

«É na família que se procura cultivar aqueles valores que nós queremos para a sociedade» – D. José Traquina

Santarém, 28 dez 2020 (Ecclesia) – O bispo de Santarém afirmou que a “família é o grande laboratório da sociedade”, alertando para alguns problemas, na homilia da Festa da Sagrada Família, onde esteve presente toda a equipa do Departamento Nacional da Pastoral Familiar (DNPF).

“A Família é o grande laboratório da sociedade, é aí que se vive e ama, se aprende a viver e se aprende a amar”, disse D. José Traquina, na celebração na igreja de São Nicolau.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, pela Diocese de Santarém, o seu bispo explicou que é na família “que se vive e ama, se aprende a viver e se aprende a amar”.

“É na família que se procura cultivar aqueles valores que nós queremos para a sociedade. A família é um grande bem para a sociedade”, salientou.

D. José Traquina destacou alguns problemas que atingem as famílias portuguesas, nomeadamente, problemas relacionados com o trabalho, a descriminação de entre homem e mulher e alertou que “uma sociedade desenvolvida não pode despedir uma mulher grávida”.

O bispo de Santarém alertou também que a violência doméstica continua a ser uma chaga na sociedade, para a exploração da figura feminina, na publicidade, na exposição mediática e na exploração sexual, e a “falta de projeto” nos namorados, nos noivos e nos jovens casais, tendo assinalado como desafio pastoral incutir a necessidade de definir um projeto para a vida a dois.

No final da homilia, e a partir da liturgia, referiu-se à importância da pessoa idosa e a sua integração na pastoral familiar focando as figuras de Simeão e de Ana.

“A Sagrada Família é sagrada porque é sagrado o amor que lá se vive: Toda a família pode ser sagrada”, acrescentou, observando que um casal que celebrou o sacramento do matrimónio está “ligado a uma fonte de graça que não se fechou”.

D. José Traquina presidiu à Eucaristia da Festa da Sagrada Família com a presença de toda a equipa do DNPF e respetivas famílias, e outras famílias com ligação à pastoral familiar diocesana e da cidade de Santarém; o padre Francisco Ruivo, assistente do DNPF, apresentou as várias famílias e lembrou o momento festivo.

 

 

O Departamento Nacional da Pastoral Familiar também assinalou com uma mensagem a festa da Sagrada Família, que se celebrou este domingo, elogiando o papel das famílias como “escola de virtudes”.

Este domingo, o Papa Francisco convocou um “ano especial” dedicado à família, a partir de 19 de março de 2021, assinalando o 5.º aniversário da exortação ‘Amoris Laetitia’, resultado de duas assembleias do Sínodo dos Bispos.

CB

Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *